domingo, 1 de maio de 2011

PACIÊNCIA...

Mesmo quando tudo pede

Um pouco mais de calma

Até quando o corpo pede

Um pouco mais de alma

A vida não para...



Enquanto o tempo

Acelera e pede pressa

Eu me recuso faço hora

Vou na valsa

A vida é tão rara...



Enquanto todo mundo

Espera a cura do mal

E a loucura finge

Que isso tudo é normal

Eu finjo ter paciência...



O mundo vai girando

Cada vez mais veloz

A gente espera do mundo

E o mundo espera de nós

Um pouco mais de paciência...



Será que é tempo

Que lhe falta para perceber?

Será que temos esse tempo

Para perder?

E quem quer saber?

A vida é tão rara

Tão rara...



Mesmo quando tudo pede

Um pouco mais de calma

Até quando o corpo pede

Um pouco mais de alma

Eu sei, a vida não para

A vida não para não...



Será que é tempo

Que lhe falta para perceber?

Será que temos esse tempo

Para perder?

E quem quer saber?

A vida é tão rara

Tão rara...



Mesmo quando tudo pede

Um pouco mais de calma

Até quando o corpo pede

Um pouco mais de alma

Eu sei, a vida é tão rara

A vida é tão rara...



A vida é tão rara...



Paciência

Lenine

Composição : Lenine e Dudu Falcão

6 comentários:

;) disse...

Oláá, que tar dar uma passadinha la no meu blog ?
Beijos!

Lata de Luxo disse...

Lindo,Vera.
Sempre sensivel e nos dando coisas belas.Gde beijo.zenaide storino.

Belinha disse...

Excelente blogue!

Gostaria que visitasse o meu blogue, comentasse e votasse na sondagem que aí se encontra.
Agradecia imenso!

http://blogsabernaoocupalugar.blogspot.com/

Lia Gloria disse...

Vera, deixei um coment no post da boina de feltro e resolvi fazer um tour pelo teu blog e gostei muito, já estou te seguindo. bjs liagloria.blogspot.com

Sheila disse...

Oie!
Conheci seu blog hoje e estou adorando.
Sheila

Fernanda Reali disse...

Vim te ver, Vera, tu andas sumida dos blogs. Dá notícias!

bjs